31.12.07

SMOG passa a representar ANDRÉ SANTOS & QUINTETO

“Alegoria de Viver” surge como o primeiro trabalho discográfico do guitarrista André Santos. Após passagem por diversos estilos e experiências musicais, a linguagem de André Santos foi-se definindo e descobrindo a sua própria identidade. Desta forma, surge um conjunto de composições originais de uma alma Flamenca influenciada pelas diferentes culturas do mundo.

A dar vida a este trabalho junta-se um conjunto de músicos de primeira linha, que não deixam de dar um pouco de si a cada música apresentada.

O Baile Flamenco não podia deixar de estar presente dando uma identidade própria a este espectáculo.

Género artístico: Musical – Flamenco

Programa completo: 1-A jóia do Rio

2-Badanal

3-Alegoria de Viver

4-Mira el tango

5-Acordes da vida

6-Cinco sons laranjas

7-O que vai cá dentro

8-Allez cuba

9-Galapagar

10-Princesa Árabe

11-Buleria

Ficha artística e técnica:

André Santos – Guitarra solo

Filipe Martins – Guitarra

Ivo Nogueira - Baixo

Carlos Mil-Homens – Percussão

Nuno Tavares – Piano

Sofia Abraços – Baile Flamenco

Sérgio Milhano – Técnico de som

Paulo Mendes – Técnico de Luzes


Biografía dos intervenientes:

André Santos – Guitarra

André Santos é formado pelo Conservatório Nacional no curso de Guitarra Clássica. Teve aulas de Guitarra Flamenca com o reconhecido guitarrista Pedro Jóia e Oscar Herrero. Integra diversos projectos musicais desde o Fado, Jazz, Chorinhos brasileiros, Flamenco, entre outros. Tem um CD editado com o seu projecto de Flamenco “André Santos & Quinteto”, sendo composto apenas por composiçoes de sua autoria. Teve aulas de composição com Eurico Carrapatoso e Eli Camargo Jr.

Compôs música para teatro e para diferentes projectos musicais, tanto de música Erudita como de música Popular, acompanhou espectáculos de expressão corporal improvisada. Produziu e fez a direcção musical do espectáculo de abertura da Quinzena da Juventude 2007 de Almada com o espectáculo “Zeca Afonso – Alma(da) Utopia”. Fez parte do Júri do 1ºConcurso Nacional “Cantar Abril”.

Actualmente frequenta a licenciatura em guitarra na Escola Superior de Música de Lisboa.

Filipe Martins – Guitarra

Iniciou o estudo de guitarra de uma forma autodidacta. Mais tarde participou num workshop dedicado ao Flamenco na Biblioteca Municipal da Quinta do Conde. Desde então estudou guitarra Flamenco com Pedro Jóia. Entretanto participou no elenco musical da peça de teatro “O Testemunho da Lua” do projecto ficções, realizada no Fórum Cultural do Seixal. Integrou inclusive a Tuna Académica da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa entre 2001 e 2003.

Carlos Mil Homens – Percussão

Iniciou o seu contacto com o ritmo e os instrumentos de percussão na instituição “Toca a Rufar”. Prosseguiu os seus estudos mais de uma forma autodidacta tendo passado temporadas em Espanha, Cuba, Brasil e Peru onde procurou aprender a linguagem tradicional de cada pais com os grandes mestres lá residentes. Além dos vários trabalhos de free-lancer que vai realizando, Carlos Mil Homens, integra alguns outros projectos de uma forma mais regular, tais como: “Serva la Bari – Flamenco Tradicional”; “Amélia Muge”; “Tony Carreira”, “Fausto”; “Rao Kyao”, entre outros, que lhe permitiram passar já por diversos locais do mundo.

Nuno Tavares – Piano

Aos 8 anos de idade inicia o estudo de piano. Mais tarde frequentou a Escola Profissional de Música de Almada e a Escola Moderna de Jazz do Seixal, integrando também a Academia de Amadores de Música, onde já concluiu o curso de Formação Musical e frequenta o 7.º Grau do Curso de Piano. Frequentou Workshops de Lars Arens, Pedro Moreira, Michel Gal, Christopher Bochmann e Bernardo Sassetti, continuando a aprofundar a sua formação com Alexandre Dinis, Jorge Lee, Ruben Alves e Mário Laginha. Participou em diversos projectos passando pelo Jazz, Rock, Fado, Flamenco, Música Popular, Musicais (“Canção de Lisboa” de Filipe La Féria), com espectáculos um pouco por todo o país.

Ivo Nogueira – Baixo

Iniciou os seus estudos musicais aos 18 anos, tendo estudado com Yuri Daniel, Marino Freitas, Filipe Melo, Mário Delgado, Jorge Lee, entre outros. Terminou o curso de Música e Novas Tecnologias na EPMA com equivalência ao 5º grau de conservatório. Tocou em vários projectos, em diferentes áreas musicais, tais como: jazz, rock, latin, pop, funk, e com vários artistas portugueses onde se destacam: Luísa Basto, Alcoolémia e Paulo de Carvalho. Actualmente continua a aprofundar os seus estudos musicais e é professor em várias escolas, integrando também outros projectos musicais, nas áreas já referidas.

Sofia Abraços – Baile Flamenco

Formou-se pela Escola Superior de Dança em Dança Contemporânea. Aos 15 anos inicia o estudo de baile flamenco com diversas professoras de origem andaluza. Mais tarde formou-se pela Academia de Bailado Flamenco de Sevilha. Desde então lecciona baile flamenco na Escola Pró-Dança e percorre todo o país em espectáculos de baile flamenco com o projecto de flamenco “Serva la Bari”, entre outras formações.

Duração: Aproximadamente 70 minutos sem intervalo.

3.12.07

VAGABOND OPERA - novas datas

A tour portuguesa dos norte-americanos Vagabond Opera não para de crescer e as expectativas sobre eles também não. Aqui ficam as actualizações:

28 de Fevereiro - Theatro Circo de Braga
29 de Fevereiro - Cine-Teatro de Estarreja
1 de Março - Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre
2 de Março - Auditório confirmado na zona de Lisboa e a anunciar em breve
7 de Março - Centro de Artes e do Espectáculo da Figueira da Foz
8 de Março - Teatro de Vila Real